Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Vendaval na cidade

        Vendaval na cidade

 

   As nuvens choram copiosamente !

   A chuva alagou e já corre um rio

   Descendo a calçada tão velozmente .

-- Que incomoda o rio se eu sorrio ?!!!

 

   O vento que sopra, parece vivo !

   O trevo verde do jardim em frente

   Baila caótico, em rodopio.  

--Que incomoda o vento se estou contente ?!!!

 

   E vou olhando através da vidraça.

   A chuva abrandou. E não fez desgraça.

   O vento amainou. Foi noutro sentido.

 

   É nesta dança de chuva e  de vento,

  Que me vem à memória a voz do tempo:

--Que incomoda a vida ?!!! A morte domina !

 

Género: