voltar á vida

VOLTAR À VIDA

Como hoje está sendo difícil de conter
Esta corrente, de cristalinas águas, abençoadas
Neste amor que em minha alma vieste semear

Não posso, não quero, e não consigo calar
Tão doce e real sentimento que sinto por ti
Que felicidade imensa de alma e coração, te amar.

Estas cristalinas águas, são como a mais bela luz
Da chama deste amor real belo e ardente
Que deste a minha alma para a minha vida iluminar

Chamo-lhes de cristalinas águas, e não lágrimas
São o sabor de todo o sentir deste verdadeiro amor
Elas dizem como sou muito feliz por existires e eu te amar.

No dia em que eu morrer esta chama de amor ardente
Continuará por toda a eternidade bem acesa e brilhante
És a bênção de Deus, que me fez renascer e à vida voltar.

Andorinha
18/03/2014

Género: 
Você votou 'Gosto'.