Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Falso amor

Você bateu à porta do meu lar
Veio jurar que me vinha amar
Por você fiquei enganada
Com falsas palavras de amor
Que no coração só deixaram dor
E nunca chegaram a nada.
Eu nunca mais te esquecerei
Todo o amor que te dei
Pois não resultou em nada.
Agora vivo triste e sozinha
Porque o amor não se adivinha
Quando tem boa entrada.
Não, não me fales de amor
Hoje lhe tenho rancor
Pois a mim nada me diz
Porque a mulher quer ser amada
E também respeitada
Então será feliz.
Vem meu amor para o nosso lar
Vem para me abraçar
Deixa essa vida perdida volta
Vamos viver a vida a dois 
somos e felizes  para  toda a vida
 
Género: