Meu porto gosto de ti poema de Maria Carmo Borges

 
 
 
Meu Porto gosto de ti
Tens beleza, tens encanto.
Dentro da Igreja, da Sé
Eu a Deus rezo e canto.
 
Tuas casas tão velhinhas,
Fazem lembrar a mocidade
Lindas moças nas janelinhas
Havia alegria e humildade.
 
Teu rio Douro é tão lindo
De noite iluminado,
Companheiro lá vai indo
A ouvir cantar o fado.
 
Em desporto és muito belo,
Linda cor azul e branca
Tantos jogos!... E se ganhas,
As alegrias são tantas.
 
Ó gente da Ribeirinha E do lugar da linda Sé a DEUS tens amor e fé
 
Tripas a moda do porto
Prato bem requintado
Com o bom vinho acompanhar
por os turistas apreciado 
 
Género: 
Declamador: 
Você votou 'Não gosto'.