Poema Declamado: O Inicio de mim

Quero ouvir-me na tua boca.
Quero ter por língua a tua voz por escrever!

Se não o dissemos quase não chegou a existir!
O que não dizemos não faz falta!
Mesmo os nossos nomes...

A palavra mudará,
e eu mudarei com ela...

No dia em que se der o meu início,
nem eu cá fico...

Serei o guardião dos dias que não vivi...

No início de mim serei o único que por cima de mim me sento, por cima de mim me vejo...

Só por cima de mim me sinto!

No início de mim caminho dentro de mim ainda,
até ao dia em que nasci...

No início de mim serei meu Santo, meu Santo...

No início de mim não haverá nada...

Nem norte, nem sul...
Nem direita, nem esquerda...

Acima de tudo no início de mim não haverá gente...

No início de mim que me abram os olhos com que vos dormi...
E diz-me, diz-me muitas vezes: dito por ti soarei melhor!

 

Género: 
Declamador: 
Você votou 'Gosto'.

Comentários

Ex-Ricardo! Vc tem esse poema escrito? As vezes não consigo compreender bem o que quer dizer. Gostaria de ler.Desculpe,amiguinho!Bjs

Ex-Ricardo's picture

Coloquei o poema escrito para que possam ler enquanto ouvem.

Sensacional!!! Ler enquanto declamas, fez-me entender melhor o que quisestes dizer com seu poema. Se é que entendi, espero que ela diga o que precisa ouvir para se ver melhor. Porém, eu já o vejo com sensibilidade impar além de ter poesia na voz!!! Sua voz encanta-me. Obg por declamar meu poema, ficou maravilhoso.Vc realmente sentiu a essencia. Bjs, querido!

Maria's picture

" Se hoje me busco é com saudades de mim que me sinto."

  Hoje pressinto que sem você não me sinto,

 Antes de ti , nunca existi...

Ex-Ricardo's picture

Agradecido pelo comentário e audição.

 

Beijo meu.

Sinto que existo, por saber que tu existes. Ouvir tua voz é como ouvir o som de uma Trombeta de Anjo, bem romântica! Lindo poema e linda declamação!!!

Abraços!

Lindo!!! Lindo... 
Sem palavras!