Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

SOU O TEU AMOR PLATÓNICO

Melody Gardot - Smile - Marilyn Monroe

Procuras respostas simples

na simplicidade do meu olhar.

 

Mas tudo parece-te cinzento.

Tão vazio.

Tão silencioso.

Tão frio.

 

Almejas que te ame como me amas,

numa espera interminável.

 

Tens esperança.

Não desesperas.

E esperas.

 

Explodes na parte esquerda do teu peito,

com o meu  sorriso.

O meu sorriso…

O teu pequeno nada de mim,

para sempre.

 

© Paula Pedro

 

Fonte: https://pamarepe.wordpress.com/2016/06/01/poeta-me-poetas-6-sou-o-teu-amor-platonico/

Género: 
Você votou 'Não gosto'.

Comentários

Gostei da tua forma de escrever... lindo mesmo, parabéns,,,teus escritos tem alma, sorte de quem é a tua inspiração....beijos é claro, no seu coração

Muito obrigada pelo elogio carinhoso.

Beijinhos. :)

Paula Pedro

Lindo Parabéns! "Gosto de ler poemas assim, ouvindo músicas enriquece a escrita.

A arte da música compõe o poema e fica lindíssimo"!

Abraços!

Penso exactamente da mesma forma que a Madalena.

A poesia ganha enfoque quando contextualizada com música, assim como com uma boa fotografia ou pintura.

Em suma, a arte e a cultura de mãos dadas, criam maravilhas que fluem da inspiração.

Beijinhos. :)

Paula Pedro

Certo! Eu fico feliz em poder partilhar minhas ideias e esta se envolve penso que em todos poetas. Dá um olhadinha no meu poema "IMAGINE" a bela música de john Lenon e depois comente se gostou. Tá?

Abraços!

M.C.R.

Vou ler sim, o seu poema.

Logo, logo, farei a minha apreciação crítica. Mas com certeza que irei gostar. Gosto da sua expressividade poética.

Beijinhos :)

Paula Pedro