Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Ártemis

Divino...

Por vezes parece coisa do diabo,
este amor divino,
que enganou o destino,
e chegou a mim,
desconjurando a pele,
e entrando fiel,
no meu peito por fim...
Ele é a minha cruz,
que encanta e seduz,
o meu corpo ruim,
deixando-o nas malhas,
das vontades canalhas,
que nascem de mim...