Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Canta Maria Borges o seu poema musica e poema autora Maria Carmo

Aurora

Houve há dias desfolhada
Na casa do Zé Ninguém,
Foi toda a rapaziada
De lá do Sr. d’ Além
Foram nossos namorados
E raparigas de fora,
E lá faltou a Aurora.
 
Refrão
 
Aurora
Que beleza de mulher,
Ó Que linda rapariga
Por isso todos te querem
Mas tu não vais na cantiga.
 
Quem encontrar um Milho Rei,
Na eira será rainha
Dá um beijo na boquinha

Ribeirinha grande

 
 
Junto à ribeirinha grande
Vive um casal de velhinhos,
Tão felizes, tão contentes,
Vivem cheios de carinhos.
 
De manhã vão para o campo,
Buscar couves para o caldinho,
Depois dão comida ao gado
E vão à adega buscar o vinho.
 
Vão para a mesa comer o caldo
E beber o seu copinho,
E não falta lá no prato
Um pedaço de toucinho.
 
À tarde vão para o campo