Bocage

Bocage

Offline
Última vez online: 6 years 6 meses atrás
Membro desde: 19/11/2012 - 23:52
Pontos: 0

Género

Idade

Cidade

País

PT Portugal

Tipo de Membro

Sobre mim

Manuel Maria de Barbosa l'Hedois du Bocage (Setúbal, 15 de Setembro de 1765 – Lisboa, 21 de Dezembro de 1805) foi um poeta português e, possivelmente, o maior representante do arcadismo lusitano.[1] Embora ícone deste movimento literário, é uma figura inserida num período de transição do estilo clássico para o estilo romântico que terá forte presença na literatura portuguesa do século XIX.[2]
Era primo em segundo grau do zoólogo José Vicente Barbosa du Bocage.

Obras literárias

A Morte de D. Ignez (eBook)
A Pavorosa Illusão (eBook)
A Virtude Laureada (eBook)
Elegia (eBook)
Improvisos de Bocage (eBook)
Mágoas Amorosas de Elmano (eBook)
Queixumes do Pastor Elmano Contra a Falsidade da Pastora Urselina (eBook)
 

Conteúdo do membro

Título Género
Se é Doce
14/12/2012 - 01:00
Bocage
Poema
Leituras: 540
Comentários: 0
Eu deliro, Gertrúria, eu desespero
12/12/2012 - 01:36
Bocage
Poema
Leituras: 567
Comentários: 0
Raios não peço ao Criador do mundo
11/12/2012 - 01:35
Bocage
Poema
Leituras: 540
Comentários: 0
Por esta solidão, que não consente
10/12/2012 - 01:34
Bocage
Poema
Leituras: 511
Comentários: 0
Olhos suaves, que em suaves dias
09/12/2012 - 01:33
Bocage
Poema
Leituras: 606
Comentários: 0
Oh retrato da morte, oh noite amiga
08/12/2012 - 01:32
Bocage
Poema
Leituras: 550
Comentários: 0
O céu, de opacas sombras abafado
07/12/2012 - 01:32
Bocage
Poema
Leituras: 631
Comentários: 0
Meus olhos, atentai no meu jazigo
06/12/2012 - 01:31
Bocage
Poema
Leituras: 624
Comentários: 0
Já sobre o coche de ébano estrelado
06/12/2012 - 01:30
Bocage
Poema
Leituras: 539
Comentários: 0
Fiei-me nos sorrisos da ventura
05/12/2012 - 01:29
Bocage
Poema
Leituras: 559
Comentários: 0

Pages

Subscribe to Conteúdo do membro

Os meus fãs

admin