Luís de Camões

Luís de Camões

Offline
Última vez online: 7 years 10 meses atrás
Membro desde: 19/11/2012 - 23:57
Pontos: 2

Género

Idade

Cidade

País

PT Portugal

Tipo de Membro

Sobre mim

Luís Vaz de Camões (Lisboa[?], ca. 1524 — Lisboa, 10 de junho de 1580) foi um poeta de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura em língua portuguesa e um dos grandes poetas do ocidente.

Obras literárias

Os Lusíadas é considerada a epopeia portuguesa por excelência. O próprio título já sugere as suas intenções nacionalistas, sendo derivado da antiga denominação romana de Portugal, Lusitânia. É um dos mais importantes épicos da época moderna devido à sua grandeza e universalidade. A epopeia narra a história de Vasco da Gama e dos heróis portugueses que navegaram em torno do Cabo da Boa Esperança e abriram uma nova rota para a Índia. É uma epopeia humanista, mesmo nas suas contradições, na associação da mitologia pagã à visão cristã, nos sentimentos opostos sobre a guerra e o império, no gosto do repouso e no desejo de aventura, na apreciação do prazer sensual e nas exigências de uma vida ética, na percepção da grandeza e no pressentimento do declínio, no heroísmo pago com o sofrimento e luta.

Conteúdo do membro

Título Género
Com Tornar-vos a Ver Amor me Cura
20/11/2012 - 01:44
Luís de Camões
Poema
Leituras: 666
Comentários: 0
Pouco te Ama
19/11/2012 - 01:42
Luís de Camões
Poema
Leituras: 727
Comentários: 0
De quem o mesmo Amor não se Apartava
18/11/2012 - 01:39
Luís de Camões
Poema
Leituras: 603
Comentários: 0
Vejo que nem um Breve Engano Posso Ter
17/11/2012 - 01:37
Luís de Camões
Poema
Leituras: 611
Comentários: 0
Em Amor não há Senão Enganos
17/11/2012 - 01:35
Luís de Camões
Poema
Leituras: 552
Comentários: 0
Amor um Mal que Falta quando Cresce
16/11/2012 - 01:33
Luís de Camões
Poema
Leituras: 611
Comentários: 0
Somente se Queixa de Amorosas Esquivança...
15/11/2012 - 01:31
Luís de Camões
Poema
Leituras: 1,338
Comentários: 0
Ditosa Ave
14/11/2012 - 01:30
Luís de Camões
Poema
Leituras: 792
Comentários: 0
Do Tempo que Fui Livre me Arrependo
13/11/2012 - 01:28
Luís de Camões
Poema
Leituras: 820
Comentários: 0
Repouso na Alegria Comedido
12/11/2012 - 01:26
Luís de Camões
Poema
Leituras: 741
Comentários: 0

Pages

Subscribe to Conteúdo do membro