Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

É Só Um Faz-de- Conta

Faz de conta que eu não sei
Que você vai me deixar
Quando a graça acabar
E sozinha eu vou ficar.
 
Faz de conta que eu não sei
Que você vai me deixar
Quando outra aparecer
E tomar o meu lugar.
 
Nesse mundo tão ruim
Quase tudo tem um fim,
Sempre foi assim pra mim.
 
Faz de conta que eu não sei
Que você vai me trocar
Por uma jovem menina
Que vai te fazer sonhar.
 
Faz de conta que eu não sei
Que esse dia vai chegar,
E aproveito tudo aqui
Enquanto eu posso te amar.
 
Nesse mundo tão ruim
Quase tudo tem um fim,
Sempre foi assim pra mim.
 
Faz de conta que eu não sei
Que o tempo vai passar
E você vai ir embora
Para nunca mais voltar.
 
Pode meio parecer
Que eu quero me enganar,
Mas apenas vivo agora,
Só choro quando o amanhã chegar.
 
 
Faz de conta que eu não sei
Que esse amor vai ter um fim,
Existem tantas por aí
Querendo ter um amor assim.
 
Faz de conta que eu não sei
Que eu vou me arrepender
De te dar o que é meu
E não ter nada de você.
 
Nesse mundo tão ruim
Tudo acaba assim pra mim,
Faz de conta que eu não sei
Que sozinha eu viverei.
 


Faz de conta que eu não sei
Que você vai me deixar
Quando a graça acabar
E sozinha eu vou ficar.

Género: 

Comentários

Faz de conta que eu não

sei que o ontem não

vai voltar.