Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Amor Volte

 AMOR VOLTE

EU ESTOU APELANDO.

EU FAÇO UM APELO...

AMOR, VOLTE!!!

CORAÇÃO QUEIMANDO.

EU TE ESPERO.

EU TE QUERO.

EU TE VENERO.

EU TE ADORO.

EU TE IMPLORO.

NÃO TE INGNORO.

AMOR SAINDO,

EM TODOS OS POROS.

 AMOR, VOLTE

SINTO A DOR,

AQUELA DOR DO AMOR.

DIFÍCIL DE SUPORTAR.

MAS... QUE GOSTOSO AMAR!

 AMOR, VOLTE PARA ALIVIAR.

ESSA DOR QUE NÃO QUER PARAR.

Madalena Cordeiro

 

Género: 

Comentários

Gostei. Lindo Conceição. Parabéns.

Beijs,

João

João Murty não sou Conceição. Sou a Poetisa Das Palavras Doces.

"Se lembra de mim?

Sou uma flor do seu jardim.

Deixa eu florir.

Não põe-me de lado num vaso,

Vou murchar. No teu jardim, o sereno cai, a chuva vem, águas diferentes.

Deixa-me aqui, no teu jardim".

 

Madalena Cordeiro

 

Poetisa das palavras doces, estás e estarás sempre no meu coração. Beijinho

O TEU CORAÇÃO É UMA BELA MORADA!

NELE ESTAREI BEM SOSSEGADA, GUARDADA...

PARA SEMPRE REGADA.

Madalena Cordeiro

Obrigada pela visita e comentário!

Beijinhos!

"O teu coração é um jardim regado. Eu uma flor, estarei sempre ao seu lado.

Bem pertinho de ti...

Com palavras doces ou silêncio, que falam poe si".

Madalena Cordeiro

Abraços e beijinhos!

Quanto amor!!!!    parece que o coração vai explodir.

belo amiga

Nereide... "Muito amor! "Amor de frente para trás e de trás para frente". Amor no coração, nas veias  menores, na corrente sanguina. Enfim... Este amor me fascina"!

Madalena Cordeiro

Lindo!

Obrigada Jéssica, pela visita e comentário!

Abraços!

Ola 

Gosto muito do que escreve

bj

Obrigada Paulo63!!!

Irei ler os seus escritos. Eu tenho certeza que irei gostar também. Abraços poéticos!