Ando

Ando às voltas com palavras vazias,

Ideias tolas;

Frases sem sentido,

Sem rima, sem ritmo,

Sem estilo…

 

Balas perdidas bangue-bangueando na minha cabeça…

 

Ando tenso, ansioso, inseguro…

Focado num ponto distorcido,

Desfocado…

Esperando respostas sem querer fazer perguntas

Envelhecendo…

 

Fragmentando meu presente para reunir no futuro

 

Ando olhando para o chão e para o céu;

Para o nada!

Não enxergo a minha frente

E o meu caminho tornou-se pedregoso,

Sertanejo…

 

A dureza duma terra seca e sedenta!

Género: 
Você votou 'Gosto'.