Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Cobertor de Estrelas

 

 
Cobertor de Estrelas
 
 
 
Não vejo a noite chegar.
Só percebo quando é hora de me deitar.
Na janela do meu quarto,
vejo a primeira estrela a piscar.
Então eu recolho o fio prateado da lua
e com ele teço o meu cobertor de estrelas,
que está quase pronto para usar.
Vou tecendo cada ponto
sob a luz do luar,
que se infiltra pelo vão da janela
e me faz divagar.
Teço sonhos,
muitos deles ainda por sonhar,
mas sei que enquanto eu sonho,
não quero acordar.
Mesmo acordada,
continuo a sonhar.
Vou tecendo os caminhos
onde penso te encontrar.
Sei que em algum momento
meu sonho vou realizar
e debaixo deste cobertor de estrelas,
nossos caminhos irão se cruzar.
E muito, muito além dos sonhos
nossos passos se perderão
no infinito do meu sonhar.
 
 
Débora Benvenuti
Género: