Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Como pétalas ao Vento

 
Sinto o perfume no ar,
como pétalas ao vento
dançando sem parar.
É o meu pensamento
que dança
suspenso no ar,
a melodia de amor
que não quer calar.
Vejo o teu rosto
com um sorriso solto.
Abraço os meus braços
e enlaço os meus sonhos.
Desfaço os laços
e acordo em teus braços.
 
 
Débora Benvenuti

 

Género: