Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

CORES E SABORES

CORES  E  SABORES 
 
.Beijo a boca que me beija
Mordo a língua que me in_língua (invade)
Sorvo a saliva gota a gota
Bebo você de canudinho
Bem devagar...degustando
Cada pedaço...cada sabor
Que tem o gosto do nosso desejo
O tamanho da vontade
De inspirar sem expirar
Também sem esperar
 
Não economizo nada
Nem no beijo
Nem  no desejo
De também ser beijada
De também ser lambida
Quem sabe viro um sorvete
Pra sorver sua língua com a minha
Pra você não ficar à míngua
 
Que sabor você prefere?
Pra te atender me viro em cores
Invento novos sabores
Me enfeito de confetes e serpentinas
Me brilho com a brilhantina
Prendo o arco íris numa bola de sabão
Pra te encher de cores...sabores
E te degustar todinho
De madrugada...manhãzinha
Antes do galo cantar
Antes do sol acordar as flores
Viver com você uma noite das mil e uma noites
Das tantas que ainda vamos viver
Temos todo  o tempo do mundo
Pra amar...pra viver...pra ser feliz
 
 (Vera Helena)
Vitória/ES – Em 28/10/2013 - 

Género: