Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

De amor é o teu chão...

Tão alta que tu estás,

mesmo assim telheiro dos amantes,

dos que próximos estão,

ou daqueles que se têm distantes.

Todos te olham e te oferecem,

dando aquilo que não é seu,

também te prometi eu um dia,

ao amor que julguei ser meu...

Tomas a forma dos sonhos,

dos corações apaixonados,

e brilhas dentro do escuro,

dos que à solidão estão condenados...

Nas noites ergues esperança,

a todos sem excepção,

porque nos fazes acreditar,

que de amor é feito o teu chão...

 

*** @rt ***

 

Género: