Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Deixando a tristeza

              Bom se reinventar

              Sentir-se renascer

             Olhar o dia amanhecer

              Sentir a brisa à acariciar

 

             A cada manhã

            A cada novo dia

            Sou uma nova cria

             Do criador no seu afã

 

           Provida de meu pensar

           Escolhas, o destino, meu olhar

           Perdas,ganhos, sempre há

           Deixe a tristeza pra  lá 

 

     Nereide

Género: 

Comentários

E sim...deixe a tristeza pra lá

escolha o destino e viva a vida com alegria

para cada brisa da manhã a acariciar...

Mais um belissimo texto, meus aplausos

FC

Obrigada pela visita, seja bem vindo!



Vogais e consoantes ganham cor vestindo as palavras de alegria.

Gostei Nereide.

Abraço

João Murty 

Obrigada pelas palavras amigas, abraços

Maravilhoso, vindo da nossa Nereide! Lindo, parabéns!

" Somos como como vasos de cristal, se quebrar é impossível ajuntar os cacos e fazer outro vaso, mas, podemos reinventar e criar um vaso novo".

Madalena Cordeiro

Obrigada amiga!!!! Sempre bem vinda Madalena, abraçs