Desejo

Que quando eu fique velha,meus olhos fiquem doces,
Que meus lábios,pequenos,lembrem daquela boca,
Que quando eu fique velha eu sorria mais do que sorri toda vida
Que eu tenha coragem de amar e deitar-me num colo
Que meu corpo continue quente
Minhas mãos não fiquem frias.

Que eu, mesmo velha,beije aquela boca...
Que eu não tenha tantos medos
Que eu leia mais
Que eu tenha mais sonhos,mais loucos,mais altos.

Que eu tenha o que quis aos cinco anos
Que eu tenha meu conto de fadas
Que, embora velha eu continue jovem.

Género: 
Você votou 'Não gosto'.

Comentários

Ouço ecos de Vinícius e Alanis nesse incrível poema! Que o seu amor não morra jamais!