Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Memorial dos silêncios

Sobre uma serena sombra repousam os claustros
Deste silêncio contemplativo…tão intensivo
Pressurizam até aquele eco fluindo ostensivo
 
O tempo expedito e incansável apascenta a
Manhã vergada por uma poderosa ilusão sensitiva
Incide nesta solidão contida numa rima tão passiva
 
Após se desembaraçar de uma hora intrusiva
As memórias dinâmicas, eficazes e expressivas
Resguardam apenas tantas redentoras saudades erosivas
 
FC
Género: