Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Mundo de sombras...más

           Mundo de sombras...más

 

Para lá do mundo real que vemos,

Existem sombras. Obscuras... Fatais...

Sombras pálidas, saídas de ermos

E se fundem com passantes banais.

 

São astutas...esquivas nas missões

E não trajam túnicas assombrosas !...

São só verdadeiras imitações

De seres bons. São sombras mentirosas !

 

Às vezes, são perfeitas silhuetas.

Outras, são vulgares...ou andrajosas...

Proliferam como vermes nas sarjetas.

Na arte de enganar, são engenhosas !

 

Implacáveis na busca de inocentes,

Rodeiam impávidas,como abutres,

Aguardando sôfregas, inclementes,

P'ra dilacerar despojos p' los ventres.

 

Deambulam em formas variadas...

São déspotas... Perversas... Facínoras...

De mutações astutas e ousadas,

Formigam como as pragas invasoras.

 

Surgirá no futuro um braço enorme !

Será força e vontade de homens justos !...

Darão às más sombras, desterro...ou morte

E  porão  um fim a estes holocaustos.

 

Género: