Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

NUVEM DE VIDRO

 

 

 

nuvem de vidro

desabe seu vapor

em partículas de chuva

e faça o favor

de preencher todos

os lagares

com água e prenúncios

otimistas

para que cesse o rumor

dessas lágrimas

-que inundam-me

adentro   

tão falto de vínculos

quanto a sede

de amar

um amor vitalício

 

 

 

Género: