Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

O MAR REVOLTO

     O MAR REVOLTO

O mar revolto, a tempestade, águas salgadas, no meio a tempestade, aumenta a saudade, daquele dia ensolarado você na areia da praia deitado, recebendo um bronzeado eu ao seu lado... Não pensei que ia te perder e viver assim separados!

 

Madalena Cordeiro

 

Género: 

Comentários

é de água e sal

essa memória!

 

Saudações!

 

_Abilio

É o mar salgado a bater na rocha e o grito aflitivo do mexilhão:

Tirem-me daqui!!!!!

É o fado expandido no grito das gaivotas e apunhalado no coração partido!

 

Ezequiel

Ezeqiel, muito lindo o seu comentário!

Obrigada!

GOSTEI!

Beleza! Abilio, a água e o sal práticamente é pra tudo!

Abraços!

p/ Henricabilio...

O sal é pra dar sabor à comida, sem água ninguém vive!

Mas eu estou vivendo sem você!

Separados para o mundo, mas unidos pelo o amor!

E o sal? E a pimenta?

o amor precisa de ser temperado e aquecido em banho maria!

Separação

é sentimento de negação!

Mas estarei lá

onde for preciso estar!

 

Ezequiel

VEM Ezeqiel! trocar o sal pelo mel!

Se você vier, vai sair o amargo do fel!

Abraços!

 

adoro poesiasobre o mar,

sobre os fenomenos da naturaza.

Agradecida!

bem haja!

Abraços!

MADALENA GOSTEI TANTO DE A VER AQUI QUE ELOGIO O SEU AVIVAR DE TUDO DESTE MUNDO QUE DEVERIA SER PRIMEIRO E FADO DE TUDO TAMBÉM.

ABRAÇO E GRANDE O SEU VER.

AMANDU

GOSTO TANTO DE VOCÊ! DA MANEIRA DE ESCREVER, GOSTO DE TE VER!

ABRAÇOS!

P/ AMANDU

Obrigada pelo comentário!

Um abraço...

p/ Ezequiel Francisco!