Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Saudade

Saudade vem de longe
Bem distante
A qualquer instante .
Quero ser feliz
Mas não posso ,
Pois estás longe
E bem distante .
Quero recordar o amor novamente
e nunca chorar.
Vou com toda má distancia,
O teu abraço encontrar .
Saudade nos maltrata
E nos mata de tanto esperar .
Saudade é uma barreira
Que,a qualquer instante ,
Pode encurtar
Uma ponte do amor para aliviar .
Saudade é o começo
Da última despedida ,
De olhares tristes
Do último beijo.
Para que o tempo não mate de desejo.
Saudade nos maltrata
E nos mata de tanto esperar.

Género: