Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Tum... tum

                                  Tum    Tum

                           Meu coração baila com ondas sonoras

                           Tum    Tum   Tum   Tum

                           Sinto o arpejo, sem pejo, em horas que encontro

teu olhar

                            Um corpo em frêmito--tum  tum

                           Penso em ti. Veja-me

                          Pensamento à girar--tum  tum

                          Beija-me!

 

nereide

                            

Género: 

Comentários

Devagarinho, compassado ao ritmo da poesia

vai batente o coração ao som do arpejo, afinado

num lampejo

Parabens Nereide e um abraço poético

FC

Abraços  poéticos para ti Frederico!   Muito obrigada

Que ele faça tum.., tum, por muitos anos!

Um poema ao ritmo do coração. Gostei minha amiga.

Beijinho,

João Murty

 

 
 

Obrigada  Murty  sempre  presente  sua vinda é muito prazeroza

Que nossos  corações sempre  vibrem no compasso  ritimado poéticamente

Beijinho para  tismiley

O MEU CORAÇÃO FAZ TUM TUM... QUANDO LEIO POEMAS ASSIM... LINDO!!

ABRAÇOS!