Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

O mais belo poema

 

O mais lindo poema

 

Um dia escreverei o mais lindo poema,um leve e sério,estético e estático mas lúcido e dinâmico. Contemplativo, absorvente , colorido,emotivo e racional !

Sim o mais lindo poema ,terá como fulcro a perfeita natureza.

Desde animais grandes e pequenos correndo pela floresta verdejante,com frondosas árvores e arbustos e a relva húmida do orvalho.

Pássaros esvoaçantes nos céus descrevendo círculos, e em trajectórias mirabolantes, peixes saltando no rio de águas rápidas e gélidas cheias de vida...

Belos prados verdejantes,arbustos e flores de todas as cores e fragrâncias.Arco-íris deslumbrantes e mágicas nuvens no céu com chuva e sem ela.

Pôr do sois arrebatadores, imagens e cheiros de formas de mar, das falésias, do barulho ensurdecedor das ondas e da sua fusão com o canto de gaivotas e outros pássaros.

Será onde todas estes elementos se combinem onde sintamos a verdadeira harmonia de estes frágeis equilíbrios e percebamos a sua importância .

Onde através do alimentar de todos os nossos sentidos sintamos o quanto estes externos estímulos estão aí para te energizar graças a tua visão, olfacto, tacto e gosto.

De quanto nos esquecemos de contemplar e de escutar absorvendo uma poderosa e verdadeira energia que nos poderá equilibrar, uma energia que esta aí, aqui e agora, que nos faz sentir vivos em contacto permanente com a nossa essência.

Nós e a natureza nada mais porque isso é tudo!

 E assim sentirmos uma verdadeira conexão espiritual com esta realidade com a Terra ,Mar,Céus e os outros seres deste Mundo ,percebermos a nossa pequenez dar-nos-á um significado de ligação e humildade,

Depois, depois só nos resta conectar com todos nossos irmãos e partilhar sem palavras esta experiência !

O mais belo poema será curto sem palavras a mais!

Sim certamente escreverei o mais lindo poema um dia ...

Género: 
Declamador: 

Comentários

Ex-Ricardo's picture

Excelente Nuno. Belo poema e muito bem dito!

Abraço.