Poema para a Dona Maria

             D. Maria lhe vou escrever

Este tão lindo poema

Junto a ele vai o pedido

De o guardar pois vale a pena.

Entra no Maia Club

Alegre e sempre bem disposta

Também sabe dar apoio

A quem precisa e gosta.

É assim que Deus quer

Foi assim que Deus ordenou

Ajudar os que estão tristes

Porque Deus também

 pela tristeza passou.

Feliz daquele que veio

A este mundo para

receber a alegria

De um dia com Deus

 se encontrar. Ter mãe é ter alegria

De ter um botão de rosa

Que Nossa Senhora tira do coração

Com a sua mão tão

 bondosa. Do trigo

sai o pão Que recebemos no altar

Do pão sai o alimento Que recebemos no

Altar do Santíssimo

 Sacramento. Nossa alma bem precisa

De ser bem alimentada

Para poder estar na vida

Sempre com Deus bem enraizada.

Nunca deixe, ó D. Maria

Na sua alma o joio entrar

Mas sim o Trigo Consagrado

Quando O vai comungar.

                           Para toda a sua família

Lhe deixo esta mensagem

De enfrentar o Bem e a cruz da vida

Sempre com muita coragem,

Porque a rosa perfumada

Que está naquele lindo jardim

Espalha o seu bom perfume.

Mas também tem

os seus espinhos

A olharem para mim

Por isso nem tudo na vida

nos pode correr bem

Temos que Ter paciência

, nunca desanimar.

Sempre amar,

Deus, Pai e Mãe.

Ajudar os que estão tristes

Porque  Deus também

 pela tristeza passou.

D. Maria tem o condão

De muito do netinho gostar

Pois está com muito medo

De ele um dia não querer ir estudar.

Um conselho eu vou dar

À minha grande amiga.

Se com Deus se apegar

Essa vontade lhe vai ser concedida

Porque Deus lá do alto

Tudo Ele está a ver

Quando O trazemos no coração

Lindas prendas Deus tem para oferecer.

Por isso não desanime

D. Maria tenha coragem

Este mundo em que vivemos

Não passa de uma passagem.

Feliz daquele que veio

A este mundo para

receber a alegria

De um dia com

Deus se encontrar.

E com A  Nossa Senhora Santa Maria .

Amem

Autora Maria Carmo.

 

 

Género: 
Declamador: 
Você votou 'Não gosto'.