Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Maria Letra

Maria Letra

Offline
Última vez online: 8 years 6 meses atrás
Membro desde: 14/12/2013 - 13:17
Pontos: 0

Género

Idade

Cidade

País

GB United Kingdom

Tipo de Membro

Página pessoal

maria-letra.com (em reconstrução)

Sobre mim

É-me difícil escrever sobre mim. Prefiro que quem me lê, me descubra.
A minha poesia descreve-me melhor do que eu, alguma vez, conseguiria.
As minhas emoções, reacções, opiniões, estão bem patentes naquilo que escrevo.
Ao descrever-me poderia trair o meu dever de não confundir como sendo
qualidades, os meus defeitos, eventualmente revelados duma forma subtil em
alguma da minha poesia. Isso poderia acontecer, não por falta de coragem de
denunciá-los, mas porque sei que todas as minhas atitudes são movidas por dois
factores duma importância enorme no meu perfil, os quais se confundem, se
misturam e me preocupam:  a Impulsividade das minhas decisões e o grande Amor
que ponho em tudo o que digo e faço.

Obras literárias

Meus Caminhos de Cristal (poesia)
Decorridos 3 meses de viagens que fiz por alguns países duma Europa a sofrer, publiquei o livro "Meus Caminhos de Cristal".
Trata-se dum livro despretensioso, onde reuni alguns dos desabafos que, desde os 13 anos, tenho vindo a transformar em poemas. Subdividido em 6 partes, em cada uma das quais coloquei um reduzido número de poemas onde abordo os seguintes temas:
1. de natureza pessoal, em Ego Sum (Eu sou);
2. sobre uma nova vida, transformada por uma desejada separação dum passado insuportável;
3. de crítica política, na minha inconformada contemplação do que está a acontecer no meu país (e não só!);
4. de crítica social, quando impera a superficialidade, a ambição desmedida e a injustiça;
5. de tudo o que cabe no mundo da poesia;
6. da minha Grande Natureza!
Um livro onde o irreal é quase inexistente. Intencionalmente, deixei o sonho para uma outra fase, quiçá menos marcada por um passado tão pesado, quando a minha alma tiver cicatrizado raízes que o tempo ainda não conseguiu eliminar.
O conteúdo deste livro poderá ser, por vezes, dum realismo acutilante, mas a alma de quem o concebeu é forte, alegre, generosa, tolerante e muito humana.