Canção

Falso amor

 

                                                                                Você bateu à porta do meu lar

Veio jurar que me vinha amar

Por você fiquei enganada

Com falsas palavras de amor

CALHANBEQUE

 

.Eu tenho um calhambeque

que é tão lindo e engraçadinho

quando fãs uma subida

fica logo cansadinho

ao descer por a rua fora eu carrego na buzina a buzina toca bem parece uma concertina  mas que raio vem a ser isto que o meu calhambeque tem

NO RIO DA MINHA ALDEIA

No rio da minha aldeia vão  a roupa lavar mas que branquinhos que estão os lençóis a corar bate  lavadeira  na pedra do rio a roupa porque em cima do telhado  para ti canta a poupa no alguidar de barro enrolam brancos lençóis das senhoras muito finas todas cheias de caracóis lavadeira canta como o rouxinol quando no rio tu lavas a roupa ate ao por do sol com a chuva e com o frio as tuas mãos ficam geladas tão branquinha fica a roupa quando lhes fazem barrela das  agora tudo acabou já não vão para o rio lavar  as lindas lavradeiras e p

Meu amor estas dormindo

Meu amor esta dormindo no seu leito descansado quando se foi deitar estava  muito cansado acendi então a luz para o seu rosto acariciar foi tão grande a tentação de sua boca beijar  gostaste tanto de mim quando para mim olhaste foi tão grande a tentação que nunca mais me deixaste meu amor tu podes querer que também eu fui perdida perdia no teu amor que me abraça com fervor os abraços e os beijos dados no nosso leito são de ternura e amor abraçados contra o peito  vai ser lindo o nosso lar quando chegar o petiz vai ter a Mãe Liliana e o papa luís avozinhos prepa

Pages