Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Geral

Dentro de mim

Dentro de mim existe esta casa

Cheia de comodos empoeirados

De lembranças penduradas pelas paredes

Ouço alguns sorrisos as vezes

Ecos que perdem-se por estes corredores desertos

Alguns lamentos teimosos, forçam a entrada

Insistem, querem ficar

Sentam-se a mesa ainda posta

E fartam-se diante desta fraqueza que existe em mim

Dentro existem quartos e salas entulhadas de passado.

Teimosa insisto neste acúmulo

As vezes tento tirar pra fora o que é desigual

Mas desisto.

Spoken word: Mulher...

 

Quantas peles te vestem,
quantas vidas tem a tua vida,
quantas vezes morreste e foste renascida,
pela força do teu ser...

Ninguém te conhece ao certo,
só tu sabes quem és,
o mundo que não te entende,
adormece aos teus pés...

Vives num tempo que é teu,
emprestas ao dia as horas,
às noites dás os minutos,
embrulhado nas auroras...