Aniversário

PARABÉNS MEU AMOR

PARABÉNS MEU AMOR

Parabéns meu amor! Nesse dia tão especial, que é o seu aniversário, quero dizer quão importante é você na minha vida e na vida de Sarah. Você é um homem bom, justo e de excelente caráter. Se tivesse que voltar no tempo, todas as vezes escolheria você! Minha oração é a que o Senhor te abençoe, te guarde e realize na sua vida todos os planos que Ele mesmo tem sonhado pra você.

NÓS TE AMAMOS MUITO MEU AMOR!

Autora: Yasmin Oliveira (minha nora) 31/01/2018

Para Waleska C.

O dia vai amanhecer brilhando
Quando você sorrir
O tempo vai passando
A cada dia você vai melhorando
Os teus conselhos valeram a pena
Não tenha medo de viver
Você tem muito mais para fazer
Hoje não é um dia especial
Hoje é um dia diferente, mais que especial
Uma data nada normal
Algo fora do comum
Esse dia não será só mais um
Que vai passar, quero te falar:
Obrigado...
Que essa poesia seja como meu abraço
Chegue até você com todo carinho
Que você leia isso sorrindo

Para Brenda A.

Aquele sorriso que você deu
É bem diferente do dia que você nasceu
Depois que eu te conheci
Foi tudo diferente ao ver você sorrir
O dia deve está feliz por você existir
Não só o dia, também agradeço sua presença aqui
Nenhuma palavra ou adjetivos podem te resumir
Mas não é uma poesia qualquer
É um dia especial, não um dia qualquer
Você deve sorrir
Você também pode chorar
Um dia não é igual ao outro e você pode se divertir
Você pode correr, pode andar
E tenha sempre as pessoas certas para caminhar

Parabéns aos Escritibas na Rua

Parabéns aos Escritibas*

 

Parabéns aos Escritibas

Autores de Curitiba

Que expõe a escrita sua

Direto ao leitor na rua.

Crônicas, contos, poemas,

Ficção, filosofemas...

Aforismos e Romances

Textos de várias nuances.

 

Um ano de existência

Com labor e paciência.

Muitas obras semeadas

Cuidadas e bem regadas.

Começam a frutificar

Autores a revelar.

Prosas e versos bacanas

Da cena curitibana.

 

Será o primeiro de muitos

Este é o nosso intuito.

N/T

Quando se tem fome, a comida não tem nome.

Só, nomeia-se aquilo que sustenta a vida,

Só, sustenta-se aquilo que o respeito reconhece,

Só, respeita-se aquilo que deseja uma vez mais.

Só, uma vez mais é o essencial,

Só, essencial é o que lhe mantém vivo,

Só, lhe mantém vivo é a fome.

Qual seu nome?

Bem-Vindo, Novembro.

Bem-vindo, novembro.
Seja muito bem-vindo!...
Do meu calendário tu és mais um membro.
 
Veja, no meu rosto ainda há um sorriso
E ele é da poeira do que eu sou.
No meu corpo ainda há movimento!
E sei que algo ainda me restou. 
 
O teatro prossegue...
Os elos permanecem. 
E mesmo que a maioria já tenha desanimado
Foi pra isso que os meses foram inventados!

Nessa Tarde Estou Vivo

Na tarde em que as toalhas se sacodem
Penduradas no varal 
Erguido pelas taquaras
E as plantas, todas agitadas, sobrevivem no escaldante...
O céu branco.
Carroças e andarilhos vagando adiante. 
Seres vivos, mochilas e objetivos.
Nessa tarde, eu vivo!... 
Nessa tarde estou vivo...
Sem muita pressa,
Pressa agrava a incompetência.
Com tardes assim que eu convivo
Um dia assino minha independência.

Pages