Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Paixão

Falso amor

                                                                                                     Você bateu à porta do meu lar

Veio jurar que me vinha amar

Por você fiquei enganada

Com falsas palavras de amor

Amor enganador é o amor do adulterio

Deste-me um grande amor
E eu a ele me agarrei
Fiquei preso a ti
Nunca mais te deixei
Destruí o meu casamento
Para contigo ficar
Só tu foste a culpada
De eu minha mulher maltratar
Acabou-se o dinheiro
Que eu te punha na mão
Agora que já estou velho
De mim não tens compaixão
O teu coração só via
O dinheiro que eu te dava
Em ti só há fantasia
Tu não prestas para nada

Pages