Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Geral

Paixão

Peito calcificado por danos,
A fenda separada por cacos.
Do sulco abra-se o medo,
Separado da paixão em ledo.
Amor, paixão ou loucura,
Três luzes na soltura.
Um chamado alternativo,
Reflete o desejo abdutivo.
Preso na escolha perpétua:
Tentar ou voar como libélula?
Ao tempo fico grudado,
Mas tão perto separado.

Germe

Das profundas amarguras o germe veio te buscar
Um parasita infernal que do lixo subiu ao seu altar.
Em palavras bonitas ele consegue te conquistar,
A beleza dele te fez estrangular
Qualquer resquício de sensatez.
Do sublime à mixaria, ele dilacerou sua mesquinhez:
Sua vida agora permanece no perene alívio,
Uma oração sem resposta, apenas seu suplício.

Pages