Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

a frívola paisagem

a minha poesia brota dos mistérios que vou interpretando quando projeto na vida a riqueza dum ofício que derriba os tormentos; quando os meus feitos transbordam os desígnios que emoldurei; quando aperfeiçoo uma estrutura que inflama a reflexão.

Género: