Canção

Cortinas Do Tempo

Abriu se a cortina do tempo

E o sol da minha vida começou brilhar

Diante dos meus olhos a escuridão fez dissipar

Uma luz radiante tomou o seu lugar

O meu coração se encheu de esperança

Quando vi novamente um novo dia raiar

As nuvens brancas no céu apareceram

E um novo tempo com elas eu vi chegar

 

Cortinas do tempo, Cortinas do tempo.

Que estava fechada, e não me deixava ver.

O outro lado da minha vida

Que eu precisava para viver

Os meus sonhos e minha esperança

NUVEM QUE VAI PASSANDO

NUVEM QUE VAI PASSANDO

Olho para o cèu e vejo uma nuvem que vai passando.

Ela me chama a atenção e eu fico olhando.

Ela me diz que assim como ela passa,

A vida passa também.

Aproveita a vida e ame o que você tem.

 

Nuvem passageira

Assim também sou eu.

Nuvem passageira,

Meu destino é igual ao seu.

 

Olho o vento passando e não sei para onde vai.

Ele diz que sou curiosa então perguntei.

Vento que assopra, pra onde que você vai?

Vento que assopra de onde que você vem?

 

O GRITO DE MADALENA

O GRITO DE MADALENA

Eu dei um grito, na casa do Severino.

Nasceu quatorze meninos.

Até lá na igreja bateram o sino...

Alguém disse:- Eles são filhos do destino.

 

Eu dei um grito, na casa do Seu José.

Quero ver como é que é!

Se vai ser firme a sua fé...

É só José. Não é Zé Mané.

 

Eu dei um grito, na casa do Seu Joaquim.

Aí, foi difícil pra mim.

 Ele soltou os cachorros, Totó e Quindim.

Pensei que era o meu fim.

 

E, para finalizar, eu vou parar de gritar.

Pages