Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Paixão

COMO SE AMAM

COMO SE AMAM

Na promiscuidade dos corpos
As humidades deambulavam
As criaturas estavam loucas
Do frenesim em que se amavam

Encontros ancestrais do universo
Entre desejos já de tanto amar
A órbita estava do avesso
Eram a tempestade pura do mar

Jorravam as mãos ao sabor da poesia
Lentamente nas peles já salgadas
Pungente devoradora magia
Sobre amantes as línguas adocicadas

Chamo por ti

Porque a lua está crescer

Porque os grilos falam

Porque os texugos atravessam as estradas de noite

Porque gosto dos campos de milho

Porque sinto o teu respirar junto do meu

Porque a terra se junta com o sol quando estamos juntos

Porque todos os bichos sabem que te quero

Chamo por ti.

MS

 

Tempos de Solidão

Tempos de solidão

O tempo passa devagar e eu espero por ti, os meus braços correm para o mar e abraçam a solidão.

O mar imenso dilui-se na noite e a minha esperança fica envolta num silêncio sem fim.

A água do nosso rio corre devagar acompanhado as horas infinitas do meu pensar enquanto te vejo caminhar ao longe sem nunca chegares.

A minha solidão voa por cima do mar, cai com a chuva, caminha por prados e campos, vagueia pelo céu e recolhe-se de noite no meu velho quarto.

Quero ter o vento

Quero ter o Vento

Quero ter os teus cabelos na minha mão para os soltar ao vento, quero ter o vento a qualquer preço, é bom ter o vento.

Quero que o vento sopre e nos faça viajar sobre as ondas do mar, tenho que ter o vento.

Quero que o vento faça cair folhas brancas para podermos caminhar na Lua; nas mãos do vento lunar podemos flutuar eternamente embalando o suspiro do mundo.

Quero ter o vento.

19:07

05/08/2018

MS

Ser livre é

Ser livre é

Ser livre é ter a Lua, voar num aeroplano e posar de noite nos teus braços.

Ser livre é flutuar entre nenúfares e entrar de noite dentro da tua alma que está povoada de lagoas serenas.

Ser livre é ter o Sol quando as nuvens abrem, caminhar sem direção em todos os campos e ter a tua mão ao alcance da minha.

Ser livre é esperar por ti na paragem do 41, ter a certeza que vais chegar e olhar-me quando passares por mim.

Os meus sonhos de ti

Os meus sonhos de ti

Sonho voando em profunda distância num mar revolto que silencia o som da minha alma e o grito do meu desejo percorre a cadência eterna das ondas.

Sou dominado pelo espaço enquanto a ternura renovada do meu coração e o brilho das estrelas esmagam a rebeldia do bom vento que se afasta de mim.

No meu sonho os meus abraços são ilusões enquanto tu caminhas longe das minhas mãos e os meus braços teimam em abraçar o vento que me foge.

Os sonhos de ti fogem de mim e evaporam a ilusão de amar-te até ao romper da madrugada.

Posso ficar sem a minha alma

Posso ficar sem a minha alma

Posso ficar sem a minha alma, posso viver 10 mil anos, podem apagar a minha memória, podem secar o nosso jardim, podem tirar-me o Céu, mas nunca te esquecerei…

Posso ficar sem a minha alma, posso viver 10 mil anos, podem levar-me numa noite sem fim, podem afundar-me num mar sem fundo, podem tirar-me o teu Sol, mas nunca te esquecerei…

Pages