Cesário Verde

Cesário Verde

Offline
Última vez online: Nunca atrás
Membro desde: 23/03/2013 - 23:31
Pontos: 44

Género

Idade

Cidade

País

PT Portugal

Tipo de Membro

Página pessoal

Sobre mim

José Joaquim Cesário Verde (Lisboa, 25 de Fevereiro de 1855 — Lumiar, 19 de Julho de 1886) foi um poeta português, sendo considerado um dos precursores da poesia que seria feita em Portugal no século XX. Filho do lavrador e comerciante José Anastácio Verde e de Maria da Piedade dos Santos Verde, Cesário matriculou-se no Curso Superior de Letras em 1873, mas apenas o frequentou alguns meses. Ali conheceu Silva Pinto, que ficou seu amigo para o resto da vida. Dividia-se entre a produção de poesias (publicadas em jornais) e as actividades de comerciante herdadas do pai. Em 1877 começou a ter sintomas de tuberculose, doença que já lhe tirara o irmão e a irmã. Estas mortes inspiraram contudo um de seus principais poemas, Nós (1884). Tenta curar-se da tuberculose, mas sem sucesso, vem a falecer no dia 19 de Julho de 1886. No ano seguinte Silva Pinto organiza O Livro de Cesário Verde, compilação da sua poesia publicada em 1901. No seu estilo delicado, Cesário empregou técnicas impressionistas, com extrema sensibilidade ao retratar a Cidade e o Campo, que são os seus cenários predilectos. Evitou o lirismo tradicional, expressando-se de uma forma mais natural.

Conteúdo do membro

Título Género
NÓS
24/03/2013 - 00:06
Cesário Verde
Poema
Leituras: 847
Comentários: 1
PROVINCIANAS
18/01/2013 - 00:09
Cesário Verde
Poema
Leituras: 1,913
Comentários: 0
EM PETIZ
17/01/2013 - 00:03
Cesário Verde
Poema
Leituras: 2,124
Comentários: 0
DE TARDE
16/01/2013 - 00:02
Cesário Verde
Poema
Leituras: 630
Comentários: 0
O SENTIMENTO D'UM OCCIDENTAL
14/01/2013 - 23:59
Cesário Verde
Poema
Leituras: 649
Comentários: 0
DE VERÃO
14/01/2013 - 23:57
Cesário Verde
Poema
Leituras: 539
Comentários: 0
FRIGIDA
14/01/2013 - 23:56
Cesário Verde
Poema
Leituras: 1,009
Comentários: 0
MANHANS BRUMOSAS
12/01/2013 - 23:54
Cesário Verde
Poema
Leituras: 498
Comentários: 0
FLORES VELHAS
12/01/2013 - 23:51
Cesário Verde
Poema
Leituras: 724
Comentários: 0
NOITE FECHADA
11/01/2013 - 23:53
Cesário Verde
Poema
Leituras: 1,027
Comentários: 1

Pages

Subscribe to Conteúdo do membro