Ezequiel Francisco Silva

Ezequiel Francisco Silva

Offline
Última vez online: 8 years 4 meses atrás
Membro desde: 02/08/2013 - 17:53
Pontos: 73

Género

Idade

Cidade

País

BR Brazil

Tipo de Membro

Página pessoal

Poemas de mim: Mais poemas de mim: Coisas do arco da velha: afinal o amor estava no outro lado do mar: è tempo de ser Mafra: Antologia Poética-I colaboração na Antologia Mulher Sempre mulher e-books: O Bode e as Ninfas: Coisas de mim

Sobre mim

Sou português de gema e orgulho-me disso!Nasci numa freguesia (Adeia-Gavinha) do Concelho e Alenquer (pequena cidade do Distrito de Lisboa) -onde tudo é pequeno, até o autor - e neto de um poeta popular, o velho Sebastião Isidro da Silva, que fazia as delícias dos utentes dos transportes públicos com os seus poemas a propósito disto e daquilo, que riam a bom rir das suas palavras muitas vezes irônicas e acutilantes! Comecei a escrever por volta dos meus 16 anos e as obras - se tal assim poderiam ser chamadas - (Morte de um Leão – um conto feito a uma pretensa caçada a tal bicho e 102 poemas de amor) que foram queimados em praça publica, como um auto de fé, pois a minha mãe não queria de forma alguma que, na família, houvesse sequer um só poeta!,(bastava o pai), e até dizia que, tal traste não ganharia um tostão sequer! O tempo passou e livre da tutela paternal e alguns anos depois, recomecei e achei que de facto a minha velha tinha razão, um poeta morre de fome na sua terra. Como comecei dizendo atrás, nasci na tal pequena cidade de Alenquer há exatamente setenta e dois anos! Que velho meu Deus!!! E foi preciso que decorresse sessenta e dois para que o meu primeiro livro desse vida à luz dos olhos. Por amor aos meus poemas fui morrendo sim mas devagar, lentamente. Outros se seguiram e se seguirão até que a morte me separe desta vida e eu entre na Glória Eterna! Se são válidos ou não, o leitor dirá de sua justiça

Obras literárias

Poemas de mim; Mais poemas de mim; Coisas do arco da velha; Um mar de coisas; Idos dum tempo de amor; Elegias e Longo foi o caminho.

(em preparação está Poemas de mim-parte 4; Por sonhos, por amor por nada)

Conteúdo do membro

Título Género
SOU O HOMEM!
09/02/2014 - 01:23
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 727
Comentários: 0
Oh! Insensato
04/02/2014 - 20:16
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 2,087
Comentários: 4
VELHAS DA NAZARÉ
08/08/2013 - 19:08
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 817
Comentários: 0
À Sonia
08/08/2013 - 17:32
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 751
Comentários: 0
Teu corpo!
07/08/2013 - 17:10
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 832
Comentários: 0
Revisitação
07/08/2013 - 16:37
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 780
Comentários: 0
Meu sonho de rosas desfeito!
07/08/2013 - 16:33
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 902
Comentários: 0
Ode à mulher de Lisboa
07/08/2013 - 16:28
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 740
Comentários: 0
Ironia...!
07/08/2013 - 16:24
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 1,117
Comentários: 0
Enfins
06/08/2013 - 23:32
Ezequiel Franci...
Poema
Leituras: 2,222
Comentários: 3

Pages

Subscribe to Conteúdo do membro