Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

a frívola paisagem

regresso ao caos onde firmo a minha vida ao integrar nele tantos estímulos mudados em poesia; onde a minha fúria desabrida expulsa os reclamos pomposos da virtude e incendeia a ternura colocada no prato das avaliações; onde sobrevém a melancolia quando me enovelo nos seus dísticos incessantes.

Género: