Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Acróstico

Loli Torre Galan

Loli Torre Galan
(acróstico poético)
Autor: José adão Ribeiro.

L inda você demonstra ser
O s desejos mostram o que espera
L eve consigo a esperança
I nspirada no que te faz sentir o amor

T enha em seus momentos
O orgulho de ser você mesma
R econheça sempre seu valor
R econheça tudo o que for possível
E ncontrará sempre o que merece

Esse amor sou eu

Esse amor sou eu
(acróstico poético)

E ncontro o que é de bom
S empre em meu coração
S entindo a felicidade
E m qualquer situação

A mor de verdade
M esmo com dificuldade
O nde estiver a esperança
R econheço sem a ganância

S empre serei assim
O amor sou eu
Ú til leal verdadeiro

E ncontrando o tesouro
U nido com nosso amor

Autor: José adão Ribeiro.

Dois mil e treze

Dois mil e treze

D esejo amor
O nde estiver
I nspirado iluminado de
S entimentos reais

M aravilhas presente
I lusão distante com a
L iberdade verdadeira

E ncantado de amor

T er certeza eu tenho
R ealidade esta presente
E ncontrar o que mereço é
Z elar se aceito eu for por um
E ncantado amor

Autor: José adão Ribeiro.

Treze de maio desejo...

Treze de maio desejo...
Realidades ainda estão presentes
Esperanças ainda se manifestam
Zelo em meus sentimentos que a
Esperança sempre estará

Dedico meu dia a dia sonhando com a liberdade
Encontrando o que ainda não foi possível, a igualdade.

Minha e muitas vidas, sentem as ações.
Ainda encontra as montanhas da realidade
Inspiro naturalmente sem omitir o que sinto, mas
Orgulho de fazer parte desta etnia negra

A razão do prazer (in acróstico )

A razão do prazer (in acróstico )

Amo o que eu sinto

Reconheço quem sente por mim
Amor desejos
Zelo por tudo que é especial
Amo a vida por ser fundamental
O destino é um mistério

Do querer sentir
Os desejos do depois

Persisto sem magoas
Reconheço o que eu quero
Amo tudo que me ama
Zelo pela verdade que não me engana
Encontro o que eu desejo
Reconhecendo através do beijo

Autor: José adão Ribeiro.

Para o meu Amor

 

Para o meu amor!

 

Deveras, te espero com ânsia

Entendo que um dia irás chegar

Bem te quero minha amiga

Onde estás que não me ligas

Relembro um tempo perdido

Alguém que sempre esteve comigo

Hoje eu posso sonhar

Um dia irei te encontrar

Meu mundo sem ti extinguirá

Somente você pode me ajudar

Ouve meu amor que não para de gritar

Não sei se irás entender

Hoje somente eu quero te ver

Ou somente ouvir sua voz...

 

Leandro Yossef (10/2/2013)

 

 

Pages