Acróstico

Tempestade

Passa rápido qualquer data

Sob uma forte tempestade

Feita de sal, vento, onda, ar e peste!

Por inteira, ou pela metade!

Quem passará este teste?

Feito de breu, maldade que pesa:

Como qualquer tempestade!

Perfeita, imperfeição que se detesta

Como prova que se testa

Como penumbra que então muito pesa

Nunca pela metade!

Nesta dura tempestade

Vai, vem, voa, trovão que mata!

Uma manhã de sol em São Sebastião do Caí,RS, Brasil.

O menino me faz sorrir.

O velho chora pelo papel branco.A mulher trabalha...

E eu escrevo minhas poesias, por necessidade, por vontade, por prazer.

Os animais, os vegetais e os outros também estão na pauta da verdade.

A terra já sorriu para mim e eu para ela. O sol me aquece e me protejo dele para escrever meus pensamentos.

A cidade ódio também me odeia e usam a tecnologia contra a vida e muitas vezes a favor do mal.

Fumo cigarros legais somente a tarde.

Uma manhã de sol em São Sebastião do Caí,RS, Brasil.

O menino me faz sorrir.

O velho chora pelo papel branco.A mulher trabalha...

E eu escrevo minhas poesias, por necessidade, por vontade, por prazer.

Os animais, os vegetais e os outros também estão na pauta da verdade.

A terra já sorriu para mim e eu para ela. O sol me aquece e me protejo dele para escrever meus pensamentos.

A cidade ódio também me odeia e usam a tecnologia contra a vida e muitas vezes a favor do mal.

Fumo cigarros legais somente a tarde.

Sacrifício ou Semântica

Aguentamos todo, qualquer sacrifício, desvalorizando a dura semântica?

 

Sátira que nos calha como que nos atira para outra estática que aguentamos!

Arma que criamos, assim, noutro karma e noutro todo:

Criar é como escrever ou amar um mundo qualquer?

Rima que num dia mostra tudo, como que estima sem sacrifício!

Imitar, como todo o nexo, feito rito, sem desvalorizando:

Foco que tomamos, sem dar um troco a...

Isco que procuramos, como todo o risco ou pedra dura

Ocaso que acontece, mostrando o acaso de toda a semântica!

Pages