Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Acróstico

Uma manhã de sol em São Sebastião do Caí,RS, Brasil.

O menino me faz sorrir.

O velho chora pelo papel branco.A mulher trabalha...

E eu escrevo minhas poesias, por necessidade, por vontade, por prazer.

Os animais, os vegetais e os outros também estão na pauta da verdade.

A terra já sorriu para mim e eu para ela. O sol me aquece e me protejo dele para escrever meus pensamentos.

A cidade ódio também me odeia e usam a tecnologia contra a vida e muitas vezes a favor do mal.

Fumo cigarros legais somente a tarde.

Uma manhã de sol em São Sebastião do Caí,RS, Brasil.

O menino me faz sorrir.

O velho chora pelo papel branco.A mulher trabalha...

E eu escrevo minhas poesias, por necessidade, por vontade, por prazer.

Os animais, os vegetais e os outros também estão na pauta da verdade.

A terra já sorriu para mim e eu para ela. O sol me aquece e me protejo dele para escrever meus pensamentos.

A cidade ódio também me odeia e usam a tecnologia contra a vida e muitas vezes a favor do mal.

Fumo cigarros legais somente a tarde.

Sacrifício ou Semântica

Aguentamos todo, qualquer sacrifício, desvalorizando a dura semântica?

 

Sátira que nos calha como que nos atira para outra estática que aguentamos!

Arma que criamos, assim, noutro karma e noutro todo:

Criar é como escrever ou amar um mundo qualquer?

Rima que num dia mostra tudo, como que estima sem sacrifício!

Imitar, como todo o nexo, feito rito, sem desvalorizando:

Foco que tomamos, sem dar um troco a...

Isco que procuramos, como todo o risco ou pedra dura

Ocaso que acontece, mostrando o acaso de toda a semântica!

marcador

Mascara o caminho

Acentuando o já percorrido,

Recordando, deixando saudade,

Combinando vontade e carinho,

Abrindo de novo o já sentido,

Destinando-nos à continuidade,

Obrigado por este marcador de linho

Representa, como só ele, o já lido!

Pages