a recuperação do ardor

a poesia difunde-se pelos horizontes nebulosos da minha infância quando espezinho as suas hortas verdejantes para me golpear nos seixos aguçados do sofrimento prematuro; quando assimilo os tratados que me libertam do vício da morte; quando estimulo a harmonia no mesmo chão onde banalizo o desespero.

Género: