Tristeza

Perda

Conheci uma senhora, certa vez, ela foi casada durante 60 anos, eram como namoradinhos depois de uma longa vida e 18 filhos, um amor impar. Destes 6 anos, seu marido ficou acamado e ela velava por ele todos os dias, sentada na beira da cama com um terço e o livro de orações, sua fé na recuperação era inabalável, tamanho amor que nutria por ele, que já havia sido desenganado. Após seu falecimento, ela sentava na cama e seu olhar se perdia dentro do armário onde estavam guardados os pertences do marido, em quatro meses ela se entregou a depressão, vindo a falecer.

Behind the Glass

"Behind the glass," describes the expression I saw in the eyes of a girl who, being ill, terminally ill, could not leave the house, every day she sat at the window to watch the street and I watched her eyes accompanying the movement of what was happening. In the window there was a dream filter hanging, I knew from her mother that she had nightmares constantly and believed that the filter diminished the feeling of fear of death.

Detrás del Cristal

"Detrás del cristal", describe la expresión que vi en los ojos de una muchacha que, por estar enfermo, en estado terminal, no podía salir de casa, todos los días ella se sentaba en la ventana para observar la calle y yo observaba sus ojos acompañando el movimiento de lo que ocurría. En la ventana había un filtro de los sueños colgando, supo de su madre que ella tenía pesadillas constantemente y creía que el filtro disminuía la sensación de miedo a la muerte.

Por Trás do Vidro

"Por trás do vidro",  descreve a expressão que vi nos olhos de uma moça que, por estar doente, em estado terminal, não podia sair de casa, todos os dias ela sentava na janela para observar a rua e eu observava seus olhos acompanhando o movimento do que acontecia. Na janela havia um filtro dos sonhos pendurado, soube de sua mãe que ela tinha pesadelos constantemente e acreditava que o filtro diminuía a sensação de medo da morte.

Lunar exiguity

English version in the Portuguese poem “Exiguidade Lunar ”, published by virtue of which it was edited, hindering direct translations, with the objective of preserving the intellectual property governed by the law of copyright, 9,610 / 98, last version in adhesion to the Stockholm treaty.

Ausencia lunar (Español)

Versión para el idioma Español del poema en lengua portugués “Exiguidade lunar", publicado en virtud del cual fue editado, lo que dificulta las traducciones directas, con el objetivo de preservar la propiedad intelectual regulada por la ley de propiedad intelectual, 9.610 / 98, última versión en adhesión a El Tratado de Estocolmo.

Sunset

English version in the Portuguese poem “Entardecer”, published by virtue of which it was edited, hindering direct translations, with the objective of preserving the intellectual property governed by the law of copyright, 9,610 / 98, last version in adhesion to the Stockholm treaty.

Caída de la tarde

Versión para el idioma Español del poema en lengua portugués “Entardecer", publicado en virtud del cual fue editado, lo que dificulta las traducciones directas, con el objetivo de preservar la propiedad intelectual regulada por la ley de propiedad intelectual, 9.610 / 98, última versión en adhesión a El Tratado de Estocolmo.

Vanessa

Uma das mulheres que mais amo
Vanessa!

Partiste há quase 3 anos.... mas não sei caminhar sem te ter aqui, porque o verdadeiro livro da minha vida.... está incompleto....

Vanessa
Quem me dera te poder abraçar
Sentir o teu coração a bater
Junto do meu
Num abraço apertado
Em que te podia proteger
Das lágrimas que tens chorado

Não estás aqui agora
Mas sei que algures por aí
No meio desse céu estrelado
Está o teu olhar
Que tanto me tem faltado

Pages